Guia Definitivo de Como Estudar Para o ENEM (Parte 1)

Sem comentários

Você sente que está perdido na hora de estudar para o ENEM? Não sabe por onde começar e nem como começar seus estudos? Foi justamente para ajudar você que desenvolvi esse guia definitivo de como estudar para o ENEM.

Este artigo está dividido em duas partes e você está agora na Parte 1.

Na parte 1 você aprenderá:

  • Passo 1 – Definir seus objetivos e metas
  • Passo 2 – Ter motivação para estudar para o ENEM
  • Passo 3 – Desenvolver a disciplina e o hábito de estudar
  • Passo 4 – Organizar a Rotina para estudar para o ENEM
  • Passo 5 – Separar as matérias para estudar para o ENEM

Kit de Estudos Para o Enem

Baixe agora mesmo o Kit de Estudos para o Enem com todos os checklists, PDF, Guias de Estudo e Cronogramas para facilitar ainda mais seus estudos rumo a aprovação no Enem.

Clique aqui para Baixar

Agora que você já está com seu Kit, vamos começar a jornada rumo a aprovação!

Boa leitura! 🙂

Confie no maior aliado para sua aprovação no ENEM: Seu cérebro.

Se você realmente quer ter sucesso no ENEM é preciso primeiro descobrir como aproveitar o seu cérebro ao máximo, só assim você irá melhorar sua aprendizagem.

Não adianta nada você estudar horas e horas se não estiver fazendo de uma maneira correta e a forma correta é usando técnicas que aproveitam seu cérebro.

Quem já acompanha o site sabe que o foco do meu trabalho é o cérebro e aprendizagem (Está chegando aqui pela primeira vez? Prazer eu sou o Prof. Piccini 😉 ).

Para otimizar seu cérebro esse guia definitivo está baseado no Método do Neuro-Aprendizado.

O método está baseado em 5 passos simples:

  1. Organizar sua mente
  2. Organizar sua Rotina
  3. Melhorar sua concentração
  4. Aumentar sua memorização
  5. Acelerar o aprendizado

Cada passo do método é responsável por melhorar a performance do seu cérebro fazendo com que você consiga atingir melhores resultados.

Por isso, você precisa seguir corretamente cada passo desse guia, pois somente com a execução correta você aprenderá com eficácia.

Para começar bem, o ideal é descobrir onde você quer chegar?

Passo 1: Definindo seu objetivo para passar no ENEM

Como citei anteriormente, esse é o primeiro passo do método, onde você irá organizar sua mente.

Poucas pessoas sabem, mas a ansiedade e o medo de não saber o que quer é um dos piores inimigos da aprendizagem. Quando um estudante não tem objetivos definidos ele se sente muito perdido e não vê razões para estudar.

Complicado isso né?

Então, primeiro você precisa definir seu objetivo. Para ajudar vou passar algumas perguntas básica:

  • Qual é a carreira dos seus sonhos?
  • Que matérias ou temas você gosta?

Eu sei que responder essas perguntas não é fácil, mas pelo menos pensar a respeito já ajuda muito. Definir o que você quer fazer aliviará sua mente.

No seu kit de estudos para o ENEM você recebeu uma planilha de estudos, escreva no topo dela seu objetivo de estudo, observe:

como-estudar-enem-1

Dica prática: Desenvolva um objetivo bem específico, baseado na regra S.M.A.R.T (Específico, Mensurável, Alcançável, Relevante e Temporal) Veja a imagem abaixo:

como-estudar-enem-smart

Evite colocar objetivos muito vagos como “Quero passar no ENEM” (Isso é óbvio né? 😛 ) Defina o curso e onde você quer chegar, observe o objetivo que coloquei na imagem, seguindo a regra S.M.A.R.T.:

como-estudar-enem-2

Mas Prof. Piccini, eu não sei o que eu quero!

Não saber o que quer é um problema, por isso vamos resolver isso agora. Se você ainda não tem ideia do que quer fazer existem algumas opções.

A primeira é fazer um teste vocacional, ele ajuda você a se conhecer um pouco mais e pelo menos ter um norte inicial para descobrir sua carreira.

De acordo com a psicóloga Marina Reigado:

“O teste é um instrumento capaz de abrir um canal de comunicação e reflexão sobre a escolha profissional. A partir de seus itens e de seus resultados podemos abordar vários aspectos da personalidade e dos interesses de um jovem.”

Você pode procurar um psicólogo em sua cidade para fazer um teste vocacional ou então pode usar alguns disponíveis na internet de maneira gratuita. Isso ajuda bastante você ter uma ideia inicial de onde quer chegar.

Aqui tem dois testes vocacionais que avaliei e considerei bem completos:

Se você já fez os testes vocacionais e mesmo assim não se sente confiante em relação o que quer, você tem outra opção.

O lado bom do ENEM é que, como ele está junto ao SISU você não precisa decidir de cara o que quer fazer, você precisa apenas ter certeza de tirar uma nota alta o suficiente para ter liberdade de escolha.

Se você ainda não sabe o que quer, coloque como objetivo TER UMA NOTA ALTA NO ENEM.

Para ajudar você ser específico quanto a sua nota, abaixo deixo uma tabela feita pelo G1 que mostra as 10 maiores notas de corte, isso ajudará você a defini-lo:

  1. UFRJ – medicina / 824,74 pontos
  2. UFRJ – engenha química / 811,94 pontos
  3. UFOP – medicina / 809,36 pontos
  4. UFRJ – ciências econômicas / 807,3 pontos
  5. UFMG – medicina / 805,74 pontos
  6. UFF – medicina / 804,87 pontos
  7. UEMS – medicina / 804,83 pontos
  8. UFRJ – medicina / 804,57 pontos
  9. UFSCAR – engenharia de computação / 802,44 pontos

Com base nessas informações você pode escrever seu objetivo de acordo com o que eu coloquei abaixo:

como-estudar-enem-3

Agora que você já tem seu objetivo definido, fica mais fácil para você estabelecer sua rotina de estudos, mas antes vamos falar um pouco de motivação para estudar.

Objetivos devem ser seguidos por metas

Não adianta nada você definir um objetivo de estudo se você não tiver metas para atingi-lo.

De acordo com o Coaching José Roberto Marques, Metas são:

“(…) as metas são tarefas específicas para alcançá-los, sendo que elas são temporais, ou seja, estipulam prazos.”

É através das metas que você traça os planos para atingir os objetivos. Utilizando o exemplo acima, veja como poderia ficar as minhas metas:

como-estudar-enem-4

Dicas para suas metas de estudos:

  • Pense a partir do seu objetivo, quais são as metas que você precisa cumprir para conquistar o que você deseja
  • Cada meta deve seguir a regra S.M.A.R.T
  • Você pode selecionar algumas recompensas para cada meta que você cumprir, por exemplo, um dia de folga.
  • Tente criar metas longas, mas com atividades diárias para você mensurar melhor se está seguindo o plano

O mais importante na hora de definir suas metas para estudar é estipular prazos para elas, por exemplo estudar todo conteúdo de português até o final do mês.

Agora para que você consiga completar essas metas você precisa estar motivado, e é justamente o que iremos ver agora.

Passo 2 – Motivação para estudar para o ENEM

A motivação é como um combustível, um carro não anda sem combustível, e você não consegue estudar se não estiver motivado.

E para o aluno a motivação é ainda mais importante, pois ela influencia a atenção, memorização, desempenho, etc.

Se você não estiver motivado para estudar, você não irá aprender com eficácia!

Antes de tudo é importante que você saiba que a palavra motivação vem de “motivo” e o importante agora é você saber:

“Qual seu motivo para passar no ENEM?”

Por que você quer ser aprovado? Por que você quer cursar essa faculdade? Responder essas perguntas é essencial para que você desenvolva sua motivação.

Veja no meu exemplo qual motivo coloquei para estudar para o ENEM:

como-estudar-para-o-enem-6

O importante é que seu motivo realmente tenha a ver com o que você quer e onde você quer chegar, como material complementar deixei aqui minha aula sobre motivação para estudar:

Vamos agora começar a entrar na questão da disciplina nos estudos.

Passo 3- Desenvolver a disciplina e hábito de estudar

“A disciplina é a mãe do êxito.”

Ésquilo

Se você não tem o hábito de estudar todos os dias precisa desenvolvê-lo, mas antes de iniciar o hábito é preciso ter disciplina.

A disciplina é o impulso inicial para você começar uma atividade que é importante para seu sucesso, ou seja, estudar todos os dias.

Essa não é uma tarefa fácil,  por isso vou passar 1 dica importante para você ser disciplinado nos estudos:

Dica para ter disciplina nos estudos: Identifique seus obstáculos.

Para um estudante que está iniciando os estudos, um dos principais problemas são os obstáculos. Por isso, identificá-los e criar uma estratégia prévia de como evita-los é um bom começo.

Por exemplo.

Digamos que você sinta muita preguiça à noite e você sabe que é o único horário que tem para estudar, isso pode ser um obstáculo.

Então, desde agora crie algumas estratégias para evitar isso, você pode, por exemplo, todas as noites tomar um banho gelado para acordar e ficar alerta para estudar.

Entendeu como funciona? Você identificar os obstáculos e já cria uma estratégia para combatê-lo.

Mas manter apenas a disciplina pode ser muito cansativo, vou explicar o porquê abaixo.

O hábito de estudar todos os dias

“Nós somos aquilo que fazemos repetidamente. Excelência, então, não é um modo de agir, mas um hábito.”

Will Durant

Hábito é “ação que se repete com frequência e regularidade; comportamento que alguém aprende e repete frequentemente”

Ou seja, quanto mais você realiza uma atividade, mais ela se torna “automática” no seu dia a dia, é assim quando  você escova os dentes, você nem percebe porque tudo acontece rotineiramente.

Você precisa fazer justamente isso, desenvolver o hábito de estudar diariamente. E para fazer você precisará primeiro de disciplina, mas essa disciplina será necessária apenas no começo.

Depois que estudar se tornar um hábito, você não precisa mais de disciplina, pois tudo torna-se automático e você passa a estudar todos os dias.

Assim, um hábito é formado por uma deixa, uma rotina e uma recompensa, observe:

como-estudar-para-o-enem-habitos

Eu resumi tudo aqui para você, mas como leitura complementar vou indicar a leitura do artigo como desenvolver o hábito de estudar, para você entender melhor.

Se você não tem o hábito de estudar em casa recomendo você começar devagar. Comece com 1 hora de estudo diário e vá aumentando, veja abaixo como você irá fazer de acordo com o plano de hábitos que você baixou:

como-estudar-para-o-enem-habito

O importante é que você estude todos os dias. Se você falhar algum dia você não pode contá-lo como um dia completo.

Feito seu hábito de estudos, vamos agora organizar sua rotina.

Passo 4 – Organizar rotina para estudar para o ENEM

“Ansiedade é consequência da falta de controle, organização, preparação e ação”

David Kekich

Antes que você pense que organização não é importante, saiba que ter uma rotina de estudos organizada é essencial para você melhorar sua concentração, memorização e aprendizado.

E não apenas organizar a rotina, mas manter essa organização para que você consiga completar suas metas de estudo e siga progredindo e aprendendo mais e mais.

Eu gosto de sempre começar a organização pelos materiais de estudo.

Organizando os Materiais de estudo para o ENEM

Imagine o seguinte, você começa a estudar e bem no meio dos estudos você precisa fazer anotações, de repente você percebe que não está com sua caneta vermelha e você gostaria de usar.

Você então sai da sua mesa de estudos e passa horas procurando a caneta, quando você percebe você já perdeu preciosas horas de estudo apenas procurando uma caneta.

É muito importante ter todos os materiais que você irá usar nos estudos sempre perto de você. Faça uma lista de tudo que é mais importante e coloque em cima da sua mesa.

Par ajudar vou deixar abaixo uma lista de alguns materiais básicos:

  • Caneta azul ou preta
  • Canetas coloridas (Para esquemas ou mapas mentais)
  • Marca texto (Um ou várias cores, depende do seu gosto)
  • Lápis ou lapiseira
  • Borracha
  • Caderno de anotações (Ou folhas)
  • Post-its (Para marcar páginas e informações)
  • Copo ou garrafa de água
  • Apostilas, livros ou resumos (Tudo deve estar à mão ou bem próximo)

Esse é o básico, é obvio que você pode preferir usar muito mais coisas, via muito do gosto de cada um.

Eu, por exemplo, uso apenas um lápis, caderninho e o material de estudo que pode ser o livro ou uma vídeo aula. O legal é você usar o que você gosta.

Abaixo vou deixar um exemplo, é a mesa de estudo da Gabriela de São José do Rio Preto, observe que na mesa dela tem tudo o que ela precisa, assim ela pode se concentrar apenas em estudar:

Além do material também tem o local de estudos que veremos agora.

Organizando seu local de estudos para ENEM

O local de estudos correto é tão importante quanto suas habilidades de aprendizagem. Muito da sua produtividade tem a ver com o local de estudos, por isso na hora de escolher um local é importante você se atentar para algumas dicas:

Conforto é importante: Você deve ter um local de estudos que seja confortável e que favoreça seu aprendizado. Uma boa cadeira, mesa, sofá é ideal. Só cuidado para não ser confortável demais, senão você acaba ficando com preguiça.

Livre de distrações: Seu local de estudos precisa favorecer sua concentração, se houver muito barulho você perde muito tempo desconcentrando-se. E não apenas distrações sonoras, mas também longe da Televisão, ou qualquer coisa que tire seu foco.

Se você seguir apenas essas duas dicas conseguirá ter um ótimo local de estudos, que favoreça sua aprendizagem.

Caso você queira complementar esse aprendizado e descobrir como melhorar ainda mais seu local de estudos, vou deixar um artigo para você ler

Referência complementar: Como preparar e organizar seu local de estudos ideal

Tudo certo com o local de estudos? Então vamos separar as matérias para estudar.

Passo 5 – Separar as matérias para estudar para o ENEM

Muitos estudantes acham difícil é separar as matérias do ENEM. Sempre surgem dúvidas como, será que dá tempo de estudar tudo isso? Como vou estudar todas essas matérias?

Para facilitar eu vou mostrar uma forma de você separar as matérias para começar a estudar e não se sentir mais perdido.

Vamos começar vendo quais são as matérias que caem no ENEM. Veja no quadro abaixo:

como-estudar-para-o-enem-conteudo

O site Guia do Estudante fez uma pesquisa com vários professores e selecionou os principais temas que caem no ENEM, vou colocar os temas logo abaixo.

De acordo com os professores de diversas áreas esses temas são os mais recorrentes desde 2009

Ciências Humanas e suas Tecnologias para o ENEM:

  • Movimentos sociais ao longo da História
  • Tecnologia e seu impacto na vida social e política
  • Cidadania
  • Problemas urbanos
  • Situação rural brasileira
  • Questão ambiental

Física para a o ENEM:

  • Mecânica
  • Energia
  • Eletricidade (potência, transformações etc.)
  • Termofísica

Química para o ENEM:

  • Estequiometria
  • Termoquímica
  • Neutralidade
  • Oxidação
  • Equilíbrios químicos
  • pH
  • Funções orgânicas

Biologia para o ENEM:

  • Ecologia
  • Evolução
  • Fisiologia humana
  • Genética

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias para o ENEM:

  • Interpretação de texto
  • Gêneros textuais
  • Norma culta e popular
  • Funções da linguagem
  • Figuras de linguagem
  • Literatura
  • Gramática relacionada à semântica

Matemática para o ENEM:

  • Funções
  • Cálculo de área, volume e perímetros
  • Seno, cosseno e tangente
  • Probabilidade
  • Análise combinatória
  • Progressão aritmética e geométrica

Essas são as matérias e os principais temas. Isso não significa que você pode deixar de estudar outros temas, esse é o norte para você apenas focalizar no mais importante.

Certo Prof. Piccini, mas como separar essas matérias?

Na hora de separar as matérias para estudar para o ENEM eu gosto muito de separar por prioridades ou dificuldades. Divido essas matérias em bloco de horas que fica da seguinte maneira:

Matérias que tenho mais dificuldade: 1 a 2 horas e meia de estudo.

Matérias que tenho menos dificuldade: 1 a 1 horas e meia de estudo.

Redação: 1 hora diariamente.

Observe a imagem abaixo como você irá colocar no seu quadro de divisão de matérias que está no Kit de Estudos para ENEM que você baixou:

como-estudar-para-o-enem-materias

Se você sentir que não tem facilidade com nenhuma matéria daí faça uma divisão igual de 1 hora para cada matéria.

Com o tempo a medida que você progride e percebe a facilidade em determinado conteúdo você pode ir alterando os horários.

É essencial que você pratique a redação diariamente, somente escrevendo todos os dias você irá aprender a escrever com qualidade.

Na parte 2 desse artigo eu vou ensinar como que você irá colocar essas matérias na sua rotina de estudos.

Concluindo a parte 1…

Nessa primeira parte você já deu os primeiros passos para constituir uma estratégia eficaz de estudo para o ENEM. Você aprendeu até agora:

  1. Definir seus objetivos e metas
  2. Ter motivação para estudar para o ENEM
  3. Desenvolver a disciplina e o hábito de estudar
  4. Separar as matérias para estudar para o ENEM

Agora na parte 2 desse guia nós você vai aprender:

  1. Organizar sua rotina de estudos para o ENEM
  2. Dicas para sua concentração
  3. Dicas para sua memorização
  4. Melhorar a eficácia do aprendizado para a Prova do ENEM

 

Ficou com dúvidas? Então deixe sua pergunta nos comentários que irei responder.

Sua pergunta pode ser muito útil para os próximos leitores. Certifique-se de ler os comentários também para verificar se sua dúvida já não foi respondida.

Ah! Se você gostou clique abaixo para compartilhar esse artigo com um amigo, feito isso agora é só clicar aqui e ir para a parte 2 do artigo. Te espero lá. 🙂

E-mail:
Escrito por
Professor, empreendedor & escritor. Especialista em aprendizagem. Atualmente dedicado ao site Estudar e Aprender.